Economia
0

Como sair da crise e a economia voltar a crescer

Minha proposta é de que sejam dobrados os salários de todos os trabalhadores que queiram migrar para a nova regra. A empresa vai gastar o mesmo que hoje e o trabalhador vai receber o dobro.

Como sair da crise e a economia voltar a crescer

Tulio Jaconi
Empresário da Sidersul – Produtos Siderúrgicos

Para atenuar as notícias pessimistas que dia a dia povoam nossas mentes, vim sugerir algo que para nós brasileiros é um sonho irrealizável, mas, em outros países, como Estados Unidos funciona mais ou menos assim …

Todos nós sabemos que os altos impostos as empresas sobre a folha de pagamento dos empregados é superior a 100%, ou seja, para R$ 1.000,00 de salários pagos a empresa gasta mais do que R$ 2.000,00.  A que se refere este gasto extra de mais de 100% do valor do salário?

São encargos sociais, INSS, FGTS, férias 132 salário, multa 40% mais 10% do valor do FGTS em caso de rescisão, etc. Estes encargos pagos pelas empresas que encarecem o custo do produto nacional, são consumidos pela máquina pública que deixa a desejar quando solicitada a prestar assistência médica, a proporcionar aposentadoria que permita ao trabalhador viver dignamente, etc.

Minha proposta é de que sejam dobrados os salários de todos os trabalhadores que queiram migrar para a nova regra. A empresa vai gastar o mesmo que hoje e o trabalhador vai receber o dobro.

Entretanto, o trabalhador não terá direito a nenhum beneficio social como assistência médica, férias, 13º salário, aposentadoria. Isto deverá ser contratado diretamente pelo trabalhador com empresas que proporcionem aquilo que deseja. Assim, existem planos de aposentadoria, planos de assistência médica, aplicações financeiras que atuam como reservas de caixa para eventualidades.

Qual a diferença mais importante? Além de sobrar dinheiro mensalmente no bolso do trabalhador, ele terá o livre arbítrio para agir da maneira que desejar. Vai exercer o direito de cidadania em sua plenitude.

Por exemplo: No contrato de um plano de saúde, se o trabalhador não for bem atendido, ele poderá trocar de plano, isto fará com que os médicos se esforcem para melhor atender, pois caso contrário terão seus ganhos reduzidos.

De outra parte, o poder aquisitivo da população será o dobro, as indústrias e o comércio vão dobrar o faturamento e o governo vai arrecadar o dobro em impostos sem aumentar alíquotas.

É um sonho!!!

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por TR Comunicação

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!