• (51) 3041.2333

Procurar
Comportamento
0

Tudo depende do Valor que você dá!

| Carlos Panni Médico e escritor Esta frase, curta e simples, encerra uma grande sabedoria. Com certeza, tudo depende do valor que você dá ao que quer que seja. Desde as pequenas coisas até às grandes escolhas, decisões e empreendimentos, tudo está na dependência do valor dado a cada um deles. Por isso há tanta […]

Tudo depende do Valor que você dá!

| Carlos Panni
Médico e escritor

Esta frase, curta e simples, encerra uma grande sabedoria. Com certeza, tudo depende do valor que você dá ao que quer que seja.

Desde as pequenas coisas até às grandes escolhas, decisões e empreendimentos, tudo está na dependência do valor dado a cada um deles.

Por isso há tanta diversidade quanto à importância diferente dada às coisas e fatos semelhantes. Novamente em evidência o ditado – “Cada cabeça, uma sentença”. Cada um, dentro da sua individualidade e exclusividade, dá uma importância, uma prioridade e um valor pessoal a cada situação da vida.

Há quem privilegie o cuidado com a família, outros com o emprego, outros ainda colocam o status social e econômico no topo da pirâmide do sucesso. O abraço da esposa (ou do marido), a brincadeira com o filho, a cerveja com os amigos, as noitadas, a preparação para o vestibular ou para um emprego melhor… são apenas algumas escolhas vinculadas ao que maior valor tem para cada um de nós, para o passado, para o agora ou para o futuro.

A espiritualidade e a materialidade travam uma luta acirrada na busca de um espaço de consciência de valor, de importância e de prioridade…

É o TER competindo com o SER, a APARÊNCIA versus ESSÊNCIA, o PASSAGEIRO frente ao ETERNO, numa disputa contínua, acima e além do bem e do mal.

Pode haver uma discussão interminável entre defensores de uns e de outros… todos têm razão, dentro das suas próprias razões. Contudo, é salutar fazer uma análise sobre o porquê do apego que estamos atribuindo a determinadas pessoas, situações, escolhas e empreendimentos, principalmente se não estiverem correspondendo às nossas expectativas de saúde, paz e prosperidade.

Será que os valores que atribuímos ao que quer que seja são conscientes ou inconscientes, são nossos ou fruto de aprendizados arcaicos, atendem aos nossos legítimos anseios ou estão sendo vinculados aos interesses dos outros? A felicidade também depende da felicidade que você dá a ela!

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!