banner 1280x156-01
banner-site_iort
banner-site_confmark
Banner Revista Mais Matéria 970x904195570
banner 1280x156-01
banner-site_iort
banner 1280x156-01
banner-site_confmark
banner-site_iort
banner-site_mdbertollo

Cachoeirinha
0

Tabagismo: programa para quem quer largar o vício

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável no mundo. A organização estima que um terço da população mundial adulta, isto é, cerca de 1 bilhão e 200 milhões de pessoas, sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina mundial e 12% da […]

Tabagismo: programa para quem quer largar o vício

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável no mundo. A organização estima que um terço da população mundial adulta, isto é, cerca de 1 bilhão e 200 milhões de pessoas, sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina mundial e 12% da feminina fumam.

Em Cachoeirinha, os dependentes do cigarro podem contar com um tratamento multidisciplinar, que alia palestras, dinâmicas em grupo e acompanhamento médico. O vendedor Edimilson do Nascimento, morador do bairro Vila Regina, deixou de fumar após passar pelo Programa Antitabagismo da Secretaria Municipal de Saúde. “Eu fumava desde os 17 anos, mas depois de um mês de participação no grupo, sendo duas horas todas as sextas-feiras, parei de fumar, logo na primeira tentativa. E foi ótimo porque a minha saúde melhorou muito. Não tenho mais tosses e com o dinheiro que gastava em cigarro, uso para fazer coisas que gosto, como arrumar a minha casa. Hoje ajudo outras pessoas a pararem de fumar”, contou.

Edimilson, que chegou a consumir duas carteiras e meia de cigarro por dia, passou pelo grupo da Estratégia de Saúde da Família (ESF) José Ari Ramos, no bairro Fátima, e hoje é voluntário do Programa Antitabagismo, ajudando outras pessoas a ter uma vida sem cigarro: “O cigarro mata e eu vi que dá para ajudar muita gente a parar de fumar, que não é impossível parar. Sempre digo nos grupos que se eu parei, eles também conseguem”.

A enfermeira Fabiana Nassif, instrutora do Programa há cinco anos, revela que não há uma estatística oficial, mas que no grupo anterior, o percentual de participantes que estava sem fumar no final do curso chegou a 80%. “A gente não tem como avaliar se eles permanecem longe do cigarro então criamos este ano a manutenção, ou seja, depois do curso, quem ainda precisa pode continuar indo aos encontros”, explicou. No grupo que começou nesta quarta-feira, 27, cinco participantes já passaram pelos grupos e voltaram a fazer o tratamento. “Temos também pessoas como o Edimilson, que apóia o nosso trabalho trazendo o depoimento dele. É muito gratificante”, diz ela.

Conforme o coordenador do Programa, o médico Mário Cândido Costa, o serviço segue as diretrizes do Ministério da Saúde, com apoio do Instituto Nacional do Câncer (INCA), e conta com duas fases: a primeira é educativa e em grupo, em que o paciente tem acesso a informações; e a segunda é individual, com orientações e prescrições médicas. “Atualmente temos um grupo em andamento, na ESF José Ari da Silveira, e outros dois iniciam este mês: na ESF José Ari Ramos e na ESF Carlos Wilkens. Cada grupo tem cerca de 10 participantes”, explica. Para participar do Programa, é preciso ser morador de Cachoeirinha e solicitar a inscrição nas unidades de Saúde do município.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!