• (51) 3041.2333

Procurar
Cultura
0

Semana da Consciência Negra de Gravataí

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação Conscientizar e refletir sobre a importância do povo africano na formação da cultura nacional, afinal, eles sempre estiveram presentes na história do País nos mais diversos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos. Assim, com este intuito, todos os anos, o dia 20 de novembro é […]

Semana da Consciência Negra de Gravataí

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação

Conscientizar e refletir sobre a importância do povo africano na formação da cultura nacional, afinal, eles sempre estiveram presentes na história do País nos mais diversos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos. Assim, com este intuito, todos os anos, o dia 20 de novembro é dedicado à Consciência Negra. A data foi escolhida porque neste mesmo dia morreu um dos personagens que mais lutou pelo término da escravidão no Brasil: Zumbi. Ele era o líder do Quilombo dos Palmares.

Assim, mediante a criação de uma lei federal, todos os anos os municípios se mobilizam para fazer deste dia uma data especial para todos os descendentes da raça. Em Gravataí, as atividades alusivas à Consciência Negra deste ano aconteceu durante uma semana, entre os dias 25 e 30 de novembro.

Na abertura foi realizado um jogo de futsal entre Brasileiros x Organização Imigrante Haitiano no Brasil (OIHL), no Ginásio Aldeião. Dia 27 teve apresentação do teatro “O Despertar do Lanceiro” a cargo das agentes comunitárias de saúde da USF Santa Cecília. Em seguida show de berimbau e tamboreiros na praça Leonel de Moura Brizola.

No dia 28 de novembro aconteceu a palestra de Guto Alencar, historiador da Biblioteca Ara/Murialdo e professor da La Salle e de Aryzinho Rodrigues, presidente do Coletivo Kizomba na EMEF Santa Cecília. No dia seguinte houve o Seminário da Saúde da População Negra com o tema “Educar é promover saúde”. Mais tarde foi lançada a campanha intitulada “Declare sua raça cor/etnia”. Na sequência palestra com Cristiane Gomes, presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Gravataí e Manoel José Ávilla da Silva, professor e colaborador de Neabis. Após, mais uma palestra. Desta vez a cargo da coordenadora do Serviço de Assistência Especializada da SMS, Tatiane da Silva, na Ulbra Gravataí.

No último dia, 30 de novembro, o destaque com o Seminário da Saúde da População Negra – Educar é Promover Saúde. No cronograma várias atividades, que começou com a palestra de Terezinha Machado da Silva, professora e especialista em Literatura Africana e de Jorge Onifadê, músico e compositor. Logo em seguida a psicóloga do Caps, Kátia Ferreira comandou as discussões, seguida pela extencionista da Emater, Veroni Rauber, também realizada na Ulbra Gravataí.

 

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!