• (51) 3041.2333

Procurar
Entrevista
0

Rede São Francisco agora também em Gravataí

Texto e Fotos | Assessoria de Imprensa da Rede de Escolas São Francisco  Inicia em fevereiro as aulas da Escola São Francisco de Gravataí com capacidade para receber 1.200 alunos em uma área construída de mais de 2.400 m2. Em 2018, atenderá crianças da Educação Infantil e Anos Iniciais, expandindo-se conforme a procura. A Instituição […]

Rede São Francisco agora também em Gravataí

Texto e Fotos | Assessoria de Imprensa da Rede de Escolas São Francisco 

Inicia em fevereiro as aulas da Escola São Francisco de Gravataí com capacidade para receber 1.200 alunos em uma área construída de mais de 2.400 m2. Em 2018, atenderá crianças da Educação Infantil e Anos Iniciais, expandindo-se conforme a procura. A Instituição oferece espaços físicos amplos e adequados às atividades pedagógicas, como biblioteca, área para recreação, quadra para a prática esportiva, espaço para o cultivo de horta, brinquedoteca, laboratório de Ciências, entre outros.

A solenidade de inauguração aconteceu no dia 22 de dezembro com a presença de diversas autoridades como o Diretor Geral da Rede de Escolas São Francisco, Pe. José Luiz Schaedler; o idealizador do projeto Pe. Inácio Luiz Selbach; Presidente da Mantenedora, Sr. Erotildes de Souza Oliveira; a Diretora Pedagógica da Escola São Francisco – Gravataí, Arabela da Silva Corrêa; o Prefeito Marco Alba e, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, Dom Leomar Brustolin.

NÍVEIS DE ENSINO – Educação Infantil – Propicia condições para que as crianças de 4 e 5 anos desenvolvam sua autonomia, onde o lúdico e o brincar sejam estratégias primordiais para a construção do conhecimento em seus aspectos socioafetivo, psicomotor e linguístico, através de diversas atividades de interação e exploração dos ambientes projetados para uso exclusivo dos alunos dessa faixa etária.  Ensino Fundamental – Proporciona ao educando o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores; o fortalecimento dos vínculos de família, da solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social.

PROPOSTA PEDAGÓGICA – A proposta pedagógica está alicerçada em uma educação integral e dinâmica, envolvendo aspectos sociais, afetivos e psicomotores, através de diversos projetos, como leitura, sustentabilidade, cidadania. Propiciamos ao educando atividades para o desenvolvimento da criatividade, da sociabilidade e da solidariedade, oportunizando a construção do conhecimento dentro dos princípios cristãos, através de ações complementares, como saídas de campo, atividades esportivas e lúdicas, promoção humana e convivência fraterna. Os alunos também são contemplados com a aplicação do Programa da Escola da Inteligência, metodologia do Dr. Augusto Cury, que promove a educação emocional e social, desenvolvendo o pensamento crítico, o gerenciamento das emoções, raciocínio e foco, a capacidade de colocar-se no lugar do outro, aprendizagem e liderança, bem como habilidades para construir relações saudáveis.

site 2

FORMANDO SERES HUMANOS FELIZES, SADIOS E PRÓSPEROS!

Palavras de Pe. Antônio Vieira: “Para falar ao vento bastam palavras, para falar ao coração são necessárias obras.” Obras como a Escola São Francisco – Gravataí. Não somente estrutura física, mas da ação de todos que nela trabalharam, homens e mulheres da Escola São Francisco, contribuindo para tornar este sonho possível.

a) Que tipo de aluno queremos formar?
Um aluno ético e comprometido, que pensa de forma crítica e criativa, que toma iniciativa e atua positivamente. Um aluno que é capaz de se colocar no lugar do outro. Escolas que se preocupam com isto são capazes de evangelizar, porque conseguem fazer o aluno descobrir qual o sonho que Deus tem para com ele. Os alunos podem esquecer a matemática e a gramática…., mas se os ensinamos a amar o próximo, jamais esquecerão.

b) Que tipo de escola queremos?
O segredo hoje está no trabalho de organização em rede. É preciso mudar a cultura do individualismo e da independência (muitas escolas continuam trabalhando sozinhas, mesmo sendo da mesma congregação ou diocese), para uma cultura de interdependência – um trabalho de colaboração, numa linha horizontal, onde várias escolas colaboram entre si, e as iniciativas são compartilhadas; e com ousadia não tanto seguir leis e regras, mas buscar responder às necessidades reais.
Papa Francisco fala da necessidade de ir às periferias. No campo educativo significa segurar pelas mãos e caminhar juntos, fazer com que os jovens de periferia, feridos, cresçam em humanidade, em inteligência e em valores. Segundo o Papa, “a maior falência do educador é educar dentro dos muros: muros de uma cultura seletiva, muros de uma cultura de segurança e muros de um setor social elevado.”

Fala também da figura do educador, que este deve saber arriscar, caso contrário não pode educar. “O verdadeiro educador deve ser mestre de risco, mas de risco consciente.” Por fim, o Papa pede que repensemos obras de misericórdia na educação. Através do ensino precisamos reeditar muitas civilizações para oportunizar uma educação que seja integral, uma educação humanista completa. A paixão leva a humanizar as pessoas.

FELIZES POR ESTARMOS JUNTOS

Em agradecimento à nobre acolhida que recebemos da cidade de Gravataí, abriremos nossas portas e nossos corações para, juntos, trazermos vida ao novo empreendimento educacional.
Com alegria, recebemos as crianças, adolescentes e jovens em nossas oito Escolas da Rede São Francisco. Uma Rede que educa em um ambiente cristão, que busca a excelência no ensino e prima pela formação integral do ser humano. Pela parceria da Escola da Inteligência formamos seres humanos felizes, sadios e dignos filhos de Deus!

Acreditamos em uma Escola acolhedora, onde se aprende a conviver e ser feliz; uma Escola que proponha valores que motivem, que ensine a caminhar, que fomente a capacidade de pensar por conta própria e cultive a autonomia do outro, que mostre o sentido da vida. Que Nossa Senhora de Fátima e São Francisco de Assis nos abençoem!

Pe. José Luiz Schaedler – Diretor Geral
Rede de Escolas São Francisco

ESCOLAS DA REDE SF

1. Instituto São Francisco – Zona Norte
Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 4879
Bairro Rubem Berta – Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3272.3800
sf.zonanorte@institutosaofrancisco.com.br

2. Instituto São Francisco – Cachoeirinha
Av. Papa João XXIII, 300 – Centro
Cachoeirinha/RS – Fone: (51) 3441.1001
sf.cachoeirinha@institutosaofrancisco.com.br

3. Instituto São Francisco – Santa Família
Av. Pará, 833 – Bairro São Geraldo
Porto Alegre/RS – Fone: (51) 3342.9797
sf.santafamilia@institutosaofrancisco.com.br

4. Escola São Francisco – Santa Fé
Av. Delmar Rocha Barbosa, 234
Bairro Santa Fé – Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3366.9652
sf.santafe@institutosaofrancisco.com.br

5. Escola São Francisco – Zona Sul
Rua Victor Silva, 186 – Bairro Camaquã
Porto Alegre/RS – Fone: (51) 3268.1566
sf-zonasul@institutosaofrancisco.com.br

6. Escola São Francisco – Menino Deus
Praça Menino Deus, 77 – Bairro Menino Deus
Porto Alegre/RS – Fone: (51) 3233.1424
sf.meninodeus@institutosaofrancisco.com.br

7. Escola de Ed. Infantil São Francisco –
Zona Sul
Av. Copacabana, 1171 – Bairro Tristeza
Porto Alegre/RS – Fone: 3268.9034
sf.eizs@institutosaofrancisco.com.br

8. Escola São Francisco – Gravataí
Av. Belém, 450 – Bairro Castelo Branco
Gravataí/RS – Fone: (51) 3424.4444
sf.gravatai@institutosaofrancisco.com.br

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!