Design
0

Os detalhes que fazem toda a diferença

Texto por Denise de Oliveira Milbradt | Fotos Divulgação A harmonia dos espaços passa pelo crivo de olhares exigentes, que percebem a sofisticação dos detalhes e a escolha acertada de cores e materiais, tornando ambientes verdadeiras obras de arte. Seja um revestimento ou acabamento diferenciado, o mercado de móveis planejados oferece uma gama diversificada para […]

Texto por Denise de Oliveira Milbradt | Fotos Divulgação

A harmonia dos espaços passa pelo crivo de olhares exigentes, que percebem a sofisticação dos detalhes e a escolha acertada de cores e materiais, tornando ambientes verdadeiras obras de arte. Seja um revestimento ou acabamento diferenciado, o mercado de móveis planejados oferece uma gama diversificada para agradar aos mais diversos públicos. Vale quase tudo, menos deixar a criatividade fora do projeto.

Uma concepção para atingir a excelência requer pesquisa e dedicação. O exato móvel para cada espaço, o perfeito quadro para a sua parede, a perfeita vegetação de interiores, a peça exclusiva, a escultura, a calçada em plena composição com a residência, tudo isso são detalhes que quando bem pensados refletem na riqueza do projeto. Sempre lembrando que a sustentabilidade dos materiais utilizados também merece um grande destaque, visto que a preservação da natureza deixou de ser algo belo e transformou-se em fundamental.
Mas, o quem vem subindo as paredes? Volumes, de super marcados a discretos, cores, das suaves às vibrantes, muito de retrô, muito de geometrismo e de brasilidade – muito ligados à arquitetura e arte. Mas o que mais marca é a liberdade de escolha.

No revestimento de paredes e outros espaços a aposta é o uso de produtos feitos em melaminas (que imitam os tons amadeirados), aliás conceito muito valorizado pelos profissionais responsáveis no desenvolvimento de decoração de interiores. Mas opções é o que não faltam. O mercado lança a todo o momento novas alternativas de cores e produtos. As tintas, por exemplo, podem ser manipuladas na hora conforme a orientação e o gosto do cliente. Ainda assim, a arquiteta Mariana Herzog aposta nos tons neutros, que incluem o preto, branco e fendi, porém com detalhes ousados. “Quanto mais exuberante e diferente for a proposta, melhor será. Não tenha medo de abusar do amarelo e até do roxo”, sugere.

E o que dizer dos pisos impressos em HD, que reproduzem pedras ônix com fidelidade? Todavia, aos mais tradicionais, que não abrem mão da qualidade e da sofisticação, o mármore é elegante e continua em alta nas peças e ambientes contemporâneos.

Rústicos em alta

Em meio a tanta modernidade e avanços tecnológicos na fabricação de móveis, pisos, acessórios e todos os itens que integram o ambiente de um imóvel, seja casa, apartamento ou escritório, a rusticidade continua tendo seu espaço. Para alguns, cada vez mais, pois passaram a tirar proveito do belo contraste que pode se conseguir com a sobriedade dos móveis rústicos e uma decoração inovadora.

O estilo rústico não faz mais parte apenas de fazendas e casas de campo, ele vem ganhando também muito espaço nas áreas urbanas. Os ambientes tornam-se acolhedores e convidativos, além de bastante charmosos. Engana-se quem pensa que este estilo remete apenas ao antigo. É possível usar peças modernas com acabamentos rústicos, ou misturar elementos bem contemporâneos e trazer mais identidade e personalidade aos ambientes.

Se a proposta é o conceito rústico, profissionais da área recomendam o uso de tijolos transparentes, móveis descascados e cerâmica. Os acessórios e utensílios também têm papel fundamental. Enfeites e objetos característicos de fazendas, panelas de ferro, cestas e produtos têxteis de tecidos naturais em tons de marrom e bege ajudam a compor esta atmosfera.

O rústico tem por característica principal o emprego de madeira, e as imperfeições são vistas como um ponto forte que reforça o estilo. Os tons claros devem ser bastante explorados mesclando com tonalidades de terra e pastel mais claros. É comum encontrar residências que optem por deixar as vigas aparentes para valorizar o estilo.
Apostar nas flores também pode ser um atrativo e tanto! Arranjos mais simples e com menos detalhes e cores se misturam ao ambiente e demonstram bom gosto e requinte.

A palavra ‘rústica’ está relacionada ao ambiente rural e a elementos com formas naturais, por vezes até grosseiras, porém elegantes e elaboradas com muito cuidado, cheias de texturas e acabamento delicado.

rústico

O poder das cores

Antes de escolher uma cor para pintar sua casa é importante ficar atento às sensações e aos estímulos despertados por cada uma delas. O efeito das cores é terapêutico e repleto de energias. Escolha as que mais combinam com a personalidade de cada cômodo. Confira o significado de cada cor e invista em um ambiente harmonioso?

Branco! Significa paz, pureza e limpeza. É uma cor que sugere libertação, que ilumina o lado espiritual e restabelece o equilíbrio interior. Por ser um tom neutro, combina com qualquer tipo de ambiente. Além disso, o branco é uma grande aposta, principalmente para espaços menores e mais escuros, pois tem o poder de refletir a luz, deixando-o visualmente maior.

Laranja! O laranja é uma daquelas cores que você ama ou odeia. Para muitas pessoas pode parecer ousado utilizar essa cor na decoração, porém o tom é muito versátil e combina com vários estilos de ambientes. Por ser uma cor quente, alegre e forte, incentiva o convívio e proporciona aconchego, criatividade e comunicação. Boa para áreas da casa que deseja estimular o diálogo, como sala de visitas, jantar e cozinhas.

Amarelo! É uma cor radiante, envolvente, quente e que reflete descontração. Ajuda a estimular a criatividade, desperta e gera otimismo. Ideal para quem quer ter um ambiente alegre e iluminado.

Verde! Um coringa elegante, o verde é uma cor com inúmeros significados. Alegria, leveza, fertilidade, e dinheiro para os mais místicos. Luxo e sofisticação para os designers. Independente do que você acredita, os tons verdes são uma excelente opção na hora de renovar e energizar um ambiente. O verde cria um sentimento de conforto e relaxamento, de calma e paz interior, que nos faz sentir equilibrados, por isso, é uma cor muito indicada para ambientes de convivência e descanso, como as salas de estar.

Azul! O azul desperta estímulos e sensações nas pessoas, exercendo assim poderosa influência psicológica. A cor proporciona relaxamento, tranquilidade e favorece o raciocínio e a intuição. Por fazer parte do grupo de cores frias, causa sensação de frescor em ambientes muito quentes.

Rosa! Ao pensar no rosa, podem vir inúmeras coisas na cabeça relacionadas ao universo feminino e infantil. Mas quando o assunto é decoração a sabedoria convencional manda ir com calma. Ao contrário do que muita gente imagina é possível sim criar um ambiente moderno apostando na decoração rosa sem parecer que foi criado para uma garotinha. Use, no entanto, a decoração rosa com cautela, pois ela já chama atenção por si só, mas não tenha medo de pintar uma parede, colocar um sofá, uma almofada, manta, tapete, cortinas ou luminárias neste tom. O ambiente pode se tornar mais descontraído, estimulante ou trazer sensação de tranquilidade e aconchego, isto vai depender da forma como trabalhar a cor.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por mais materia

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!