Casamento
0

O país do futebol no compasso do tango

A nutricionista Vanessa Bitencourt Pereira e o cheff de cozinha uruguaio Martin Luzardo Dias, trocaram alianças e firmaram o matrimônio na noite de 11 de janeiro. O cenário da cerimônia foi a Igreja Luterana São Mateus, no bairro Jardim Mauá em Cachoeirinha. O casal, juntamente com seus pais Ary e Sula Pereira e Walter e […]

A nutricionista Vanessa Bitencourt Pereira e o cheff de cozinha uruguaio Martin Luzardo Dias, trocaram alianças e firmaram o matrimônio na noite de 11 de janeiro. O cenário da cerimônia foi a Igreja Luterana São Mateus, no bairro Jardim Mauá em Cachoeirinha. O casal, juntamente com seus pais Ary e Sula Pereira e Walter e Cristina Luzardo, receberam os convidados no Restaurante Vila Gourmet. Durante a recepção para convidados brasileiros e uruguaios, o noivo, que atua como cheff parrillero no restaurante Mercatto, falou em nome do casal agradecendo a presença e o carinho de todos. “Esquecemos a Copa de 50, esta é uma união Brasil x Uruguai que deu muito certo”, comemora.
Vanessa lembra como foi o início do relacionamento do casal. “Nos conhecemos quando o Martin veio negociar trabalho em Cachoeirinha. A primeira vez que nos vimos foi em um curso que envolvia nutrição e gastronomia. Trocamos contatos e logo ele voltou para o Uruguai para arrumar documentos e finalizar um curso que estava fazendo, antes de vir para assumir definitivamente o seu novo emprego em Cachoeirinha”, conta.
Depois de um ano e meio de relacionamento o casal subiu ao altar. “Nos conhecemos, namoramos, noivamos e casamos! Quando tínhamos três meses de namoro e decidimos casar todos (família e amigos) acharam uma loucura, diziam “vocês mal se conhecem”. No início nem nós acreditávamos no que as pessoas sempre dizem que “quando é amor de verdade e quando é para casar a gente sente”. Como só de olhar para alguém e conhecer tão pouco já temos essa certeza? Não imaginávamos, mas aconteceu com a gente e acreditamos que o nosso encontro foi preparado por Deus”, afirmam felizes.
A noiva conta que o fato do idioma ser diferente não atrapalhou em nada a relação. “Martin fala muito bem português porque já mora no Brasil há quase cinco anos, desses, um ano e meio aqui no Rio Grande do Sul (Cachoeirinha).” A cultura também não foi empecilho, pois Uruguai e Rio Grande do Sul se assemelham muito. Martin assegura se sentir em casa no novo país.
Os recém casados estão morando em um apartamento no centro de Cachoeirinha, mas pretendem ter uma casa no país vizinho. “Pretendemos ficar aqui e quem sabe no futuro comprar uma casa no Uruguai para passarmos as férias ou para morarmos depois de aposentados. Lá a vida é mais tranquila, mas no momento aqui estão as oportunidades de trabalho e crescimento profissional”, revela o casal.

Copa do Mundo

Segundo Vanessa, sempre há alguém da família para fazer brincadeiras a respeito de futebol. “Eles relembram a Copa de 50, questionam quem é melhor, se é Pelé ou Maradona? O futebol é assunto recorrente nas rodas de conversas”, se diverte. Mas os recém casados garantem que na Copa de 2014 não vai ter brigas. “Vamos torcer juntos. Quando jogar o Brasil, torceremos pelo Brasil, quando jogar o Uruguai, torceremos pelo Uruguai e se der confronto, que vença o melhor”, projetam os torcedores.

MM Brasil e Uruguai (3)

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por mais materia

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!