• (51) 3041.2333

Procurar
Psicologia
0

Meu humor muda muito, será que estou doente?

| Eveline Juswiak Psicóloga – CRP 07/20725 É muito comum pessoas que tem variação no humor buscarem ajuda psicológica ou psiquiátrica. E realmente é algo muito desconfortável, pois têm dias que estamos motivados, outros tristes, outros irritados. E muitas vezes permitimos que essa variação influencia diretamente em nossas ações, o que nos leva a uma […]

Meu humor muda muito, será que estou doente?

| Eveline Juswiak
Psicóloga – CRP 07/20725

É muito comum pessoas que tem variação no humor buscarem ajuda psicológica ou psiquiátrica. E realmente é algo muito desconfortável, pois têm dias que estamos motivados, outros tristes, outros irritados. E muitas vezes permitimos que essa variação influencia diretamente em nossas ações, o que nos leva a uma instabilidade.

Porém, será que isso é doença?

Quando falamos de doença, é porque algo saiu da sua “normalidade”. E definir que algo está fora do normal precisa de alguns critérios importantes: frequência, intensidade e consequências. Ou seja, quando percebemos que o nosso humor muda com frequência durante o dia, que está muito vinculado as coisas que acontecem, mesmo que não tão importantes, mas já são o suficiente para modificar o estado emocional; Ou a intensidade da emoção sentida é muito maior que a maior parte da pessoas, e demora mais tempo para voltar à estabilidade; Ou ainda, quando percebo que as pessoas estão se afastando de mim, ou sempre tenho problemas e conflitos com colegas e familiares. Esses podem ser alguns sinais de que algo precisa ser modificado.

Mas também quero falar sobre o quanto é normal ter que conviver com certo grau de variação no humor. Muitas vezes almejamos uma estabilidade emocional impossível de alcançar, como sempre estar tranquilo e feliz. A vida traz diversas situações que por si só são causadoras de diversas emoções, como tristeza, raiva, angústia, entre outras. Você não irá acordar todo dia motivado, você nem sempre vai resolver um problema de maneira tranquila, e muitas vezes vai se sentir frustrado quando se depara com coisas que não acontecem da forma como gostaria.

Os sentimentos vêm e vão, o que vai mudar é maneira que eu lido e convivo com eles. Apesar de as emoções mudarem, os comportamentos não precisam segui-las. Para fazer essa escolha é preciso consciência e contato com o momento presente, e ter clareza da forma como gostaria de agir nas situações. Isso te ajudará no mais importante: viver a vida em busca do que é importante para ti, independente dos obstáculos!

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!