Educação
0

Intercâmbio forma cidadãos para o mundo

Possibilitar que um jovem da rede pública de ensino do município possa participar, por um ano, de um intercâmbio em um país de primeira grandeza foi o principal objetivo do Rotary Club Cachoeirinha quando chamou as 12 escolas públicas para apresentar o Programa Destaque Jovem. O processo seletivo destinou que cada escola encaminhasse dois alunos […]

Intercâmbio forma cidadãos para o mundo

Possibilitar que um jovem da rede pública de ensino do município possa participar, por um ano, de um intercâmbio em um país de primeira grandeza foi o principal objetivo do Rotary Club Cachoeirinha quando chamou as 12 escolas públicas para apresentar o Programa Destaque Jovem. O processo seletivo destinou que cada escola encaminhasse dois alunos de destaque, levando em conta, desempenho escolar, respeito, desenvoltura e vontade de fazer a diferença no mundo. O processo seletivo contou com concurso de redação, apresentação de cada candidato, prova oral e escrita. Ao final, 11 estudantes participaram da última etapa do projeto que aconteceu no dia 31 de outubro. Conforme a professora e orientadora educacional, a rotariana Vera Kittel, a grande satisfação foi perceber o engajamento de todos os alunos e o alto nível dos candidatos. “Tivemos uma grata surpresa com a nossa juventude que demonstrou a sua vontade de crescer e abraçar as oportunidades”, contou. O jovem Alex Sandro Vega Custódio Junior, da Escola Estadual Neuza Goulart Brizola, foi o selecionado. Ele e Renã Strelow (que ficou como suplente) já iniciaram as aulas do curso de inglês na Escola CCAA. O embarque acontece no final do primeiro semestre de 2020. O país de destino, ainda não foi escolhido, e o jovem fica hospedado em casas de famílias rotarianas e estudará em uma instituição parceira.

O jovem Alex Sandro Vega Custódio Junior, da Escola Estadual Neuza Goulart Brizola, foi o selecionado. Ele e Renã Strelow (que ficou como suplente) já iniciaram as aulas do curso de inglês na Escola CCAA.

O jovem Alex Sandro Vega Custódio Junior, da Escola Estadual Neuza Goulart Brizola, foi o selecionado. Ele e Renã Strelow (que ficou como suplente) já iniciaram as aulas do curso de inglês 

HISTÓRIA – No início, o Intercâmbio de Jovens envolvia apenas alguns clubes. O primeiro intercâmbio dentro da história rotária foi organizado em 1927, com o Rotary Club de Nice, na França. Com o início da Segunda Guerra Mundial, os intercâmbios europeus cessaram, mas foram reiniciados após essa conflagração. Dez anos mais tarde, este projeto chegava até a América, mais precisamente nos Estados Unidos. Intercâmbios entre clubes da Califórnia e países latino-americanos foram iniciados em 1939, e estenderam-se ao leste dos Estados Unidos em 1958. Em 1972, o Rotary International resolveu sugerir e encorajar todos os Rotary Clubs do mundo a patrocinar o Intercâmbio de Jovens do Rotary como importante atividade internacional.

NO BRASIL – No Brasil, a procura pelos serviços do Rotary é intensa. Em 2001, por exemplo, o número de intercambistas envolvidos bateu o recorde com a marca de 1023 jovens, o que representou 55% dos intercambistas da América Latina.

SAIBA MAIS – O Rotary International mantém o maior programa de intercâmbio do mundo para jovens entre 15 e 19 anos. Os participantes tem oportunidade de conhecer outras culturas, aprender novos idiomas e ampliar horizontes. Os Rotary Clubs patrocinam programas em mais de 100 países, transformando jovens em verdadeiros cidadãos do mundo.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!