• (51) 3041.2333

Procurar
Geral
0

Estacionamento rotativo de Cachoeirinha começa em 2018

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação Inspirado no modelo de sucesso de Gravataí, a Prefeitura de Cachoeirinha começa a traçar estratégias para colocar em prática o recém aprovado projeto de lei que prevê a implantação do sistema de estacionamento rotativo no município. A previsão é que inicie nos primeiros meses do […]

Estacionamento rotativo de Cachoeirinha começa em 2018

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação

Inspirado no modelo de sucesso de Gravataí, a Prefeitura de Cachoeirinha começa a traçar estratégias para colocar em prática o recém aprovado projeto de lei que prevê a implantação do sistema de estacionamento rotativo no município. A previsão é que inicie nos primeiros meses do próximo ano. Além de melhorias na região central da cidade, o objetivo é inibir a violência e o furto de veículos, assim como aumentar as vendas no comércio.

O secretário municipal de Segurança e Mobilidade, Marco Aguirre Gouvêa explica que os próximos meses servirão para a elaboração do decreto, que regulamentará a lei e abertura do processo licitatório para a escolha da empresa que ficará responsável pela exploração do serviço. Esse processo pode durar meses, pois necessita adequar os espaços onde funcionará o estacionamento rotativo. Segundo Gouvêa, as áreas beneficiadas serão a Avenida Flores da Cunha (da ponte até o Shopping do Vale) e até as duas primeiras ruas transversais neste trecho.

Como principais pontos positivos o secretário lista a melhoria na organização das áreas de estacionamento na região central de Cachoeirinha; segurança para pedestres e motoristas e a facilidade do pagamento via celular. Por conta desta tecnologia será possível identificar, por exemplo, veículos roubados ou furtados. A empresa contratada poderá explorar o serviço por até dez anos e terá que realizar, dentre outras melhorias, a modernização da sinalização das vias.

Competirá também à empresa fiscalizar os motoristas que desrespeitarem as regras de estacionamento e cobrar as devidas multas. Mas, Gouvêa lembra que a arrecadação não é o alvo do projeto, mas sim melhorias para a cidade. Ele detalha que no município de Gravataí por mês a Prefeitura arrecada de R$ 28 a R$ 40 mil. Em Cachoeirinha os valores serão utilizados na revitalização da Avenida Flores da Cunha. “O importante é que mais gente circule pelo centro, onde estão localizados os principais comércios locais. Aumento das vendas e dos negócios. Assim, todos ganham”, frisa. A tabela de valores, bem como previsão de multas deve ser regulamentado nos próximos meses.

Área Azul de Gravataí – Implantado em 2016, as 1200 vagas ativas no estacionamento da Área Azul, na parte central de Gravataí, são monitoradas mediante sistema digital que acompanham desde a ocupação das vagas até a desocupação do local e não há mais a necessidade de imprimir o tícket. Os motoristas também são orientados a fazer o Cartão Azul, que funciona como uma espécie de cartão de crédito. Para permanecer duas horas na vaga é cobrado hoje R$ 1,00 e não é possível renovar.

No início deste ano foram instalados 12 parquímetros digitais, no centro da cidade. O objetivo foi facilitar a aquisição dos tickets, bem como o pagamento.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!