• (51) 3041.2333

Procurar
Educação
0

Enem 2017: Martinho Lutero é o 2º melhor da região

Texto |  Denise de Oliveira Milbradt | Fotos | Divulgação Todos os anos milhares de jovens realizam as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), elaboradas pelo Ministério da Educação, que visam checar o domínio de competências e habilidades dos estudantes concluintes do ensino médio. O exame tem uma série de funções, tais como […]

Enem 2017: Martinho Lutero é o 2º melhor da região

Texto |  Denise de Oliveira Milbradt | Fotos | Divulgação

Todos os anos milhares de jovens realizam as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), elaboradas pelo Ministério da Educação, que visam checar o domínio de competências e habilidades dos estudantes concluintes do ensino médio. O exame tem uma série de funções, tais como substituir o tradicional vestibular de algumas instituições, além de a nota ser usada para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), sistema que seleciona alunos para as universidades públicas. O último, realizado em 2017, trouxe boas notícias para as escolas da região por terem os melhores desempenhos nas provas. O Colégio Dom Feliciano, de Gravataí, ocupa a 90ª posição na classificação geral pela média de 611,05 pontos e ficou em primeiro lugar na região. Já a Escola Luterana de Ensino Médio Martinho Lutero, de Cachoeirinha, somou 582,38 pontos e ocupa a 175ª colocação geral, além de ter o segundo melhor desempenho na região.

A Escola Martinho Lutero foi fundada em 6 de março de 1985 e hoje conta com 356 alunos, distribuídos desde a educação infantil até o ensino médio. Segundo a diretora, Eliane Dias Machado não existe nenhuma fórmula mágica para os resultados tão positivos no Enem, mas que é sim fruto de uma perspectiva voltada para a proposta pedagógica com foco no processo de ensino-aprendizagem, que é constantemente avaliado e reconfigurado. “A meta é atender às demandas individuais do aluno e oportunizar o seu crescimento. Os resultados da escola não dizem respeito a uma ação isolada, mas a um conjunto de fatores que conduzem o educando por um caminho de amplas possibilidades”, explica.

Na instituição, o estudante é estimulado desde a educação infantil a ter iniciativa, a resolver problemas e relacionar-se com o meio de forma respeitosa. “Buscamos o desenvolvimento do ser humano como um todo, respeitando as etapas de aprendizagem e o tempo de cada um”, completa a diretora.

Outro diferencial da Martinho Lutero é o amplo incentivo à leitura desde as séries iniciais, tanto que são cobrados por trimestre uma média de quatro leituras. Também não trabalham com materiais didáticos de um sistema de ensino específico, assim, segundo a diretora, é possível ampliar as possibilidades de estratégicas didáticas tendo como produto final a união da teoria com a prática. “Cada aula é pensada e organizada com bastante antecedência pelos educadores, que posteriormente são discutidas com o setor pedagógico”, destaca Eliane.

Ainda que o aluno venha sendo preparado desde cedo para enfrentar o mercado de trabalho e processos seletivos, tais como o Enem, a gestora explica que a Escola Martinho Lutero oferece na sua estrutura curricular do ensino médio um componente curricular chamado: Gestão de Pessoas e Coaching, onde são trabalhados temas como autoconhecimento, empatia, feedback, trabalho em equipe, cooperação, habilidades individuais, elaboração de currículo; visita às universidades e feiras sobre as profissões.

SAIBA MAIS

– Os dados sobre o Enem 2017 foram divulgados pela rede de ensino Bernoulli, de Belo Horizonte (MG) e estão disponíveis para consulta no site meu.bernoulli.com.br/enem2017;

– Entre as escolas públicas, destacaram-se a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Padre Nunes, de Gravataí, que ficou com média 544,84, e a EEEM Guimarães Rosa, de Cachoeirinha, com média 535,30;

-Neste ano, o Enem acontecerá nos dias 4 e 11 de novembro – dois domingos consecutivos. Até 2016, o exame acontecia em um único final de semana.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!