• (51) 3041.2333

Procurar
Saúde
0

Diabetes é o preço pago por hábitos nocivos à saúde

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Fotos | Divulgação Alimentação rica em gordura e açúcares, sedentarismo, obesidade e alguns vícios, tais como o tabagismo e o álcool têm levado muitas pessoas a desenvolver doenças crônicas. Um estilo de vida nocivo aliado ao envelhecimento da população também tem contribuído para elevar o número de diabéticos […]

Diabetes é o preço pago por hábitos nocivos à saúde

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Fotos | Divulgação

Alimentação rica em gordura e açúcares, sedentarismo, obesidade e alguns vícios, tais como o tabagismo e o álcool têm levado muitas pessoas a desenvolver doenças crônicas. Um estilo de vida nocivo aliado ao envelhecimento da população também tem contribuído para elevar o número de diabéticos em todo o País. O diagnóstico da enfermidade aumentou 61,8% em 10 anos, segundo dados da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde.

De acordo com a Pesquisa Vigitel, 18% da população das capitais brasileiras consomem alimentos doces em cinco ou mais dias da semana, sendo maior entre mulheres (19,7%) do que entre homens (16,0%). O comportamento é mais comum entre jovens de 18 a 24 (26,2%) seguido pela faixa etária de 25 a 34 (20,6%). O levantamento foi feito, a partir de perguntas que indagavam sobre a frequência semanal do consumo de sorvetes, chocolates, bolos, biscoitos ou doces.

O diretor do departamento de Políticas de Saúde de Cachoeirinha, Henrique da Silva conta que todas as Unidades Básicas e de Saúde da Família estão habilitadas a atender pacientes portadores de doenças crônicas, que hoje já somam a maioria das demandas. Segundo ele, o diabetes é uma doença silenciosa, mas que alguns comportamentos dão indícios de que mais cedo ou mais tarde, ela vai se manifestar. Daí a necessidade de prevenir, pois os gastos públicos são muitos e acarretam também outras doenças, tais como a hipertensão. “Tudo começa com estilo de vida inadequado e cada vez mais cedo. Atualmente, 52% das pessoas são obesas”, detalha.

Para os que já têm diagnóstico de diabetes, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta gratuitamente, já na atenção básica – porta de entrada do SUS, atenção integral desenvolvendo ações de prevenção, detecção, controle e tratamento medicamentoso, inclusive com insulinas. Para monitoramento do índice glicêmico, ainda está disponível nas unidades de Atenção Básica de Saúde, reagentes e seringas.

O programa Aqui Tem Farmácia Popular, parceria do Ministério da Saúde com mais de 34 mil farmácias privadas em todo o Brasil, também distribui medicamentos gratuitos, entre eles o cloridrato de metformina, glibenclamida e insulinas.

diabetes 3

Incentivo a hábitos saudáveis

O incentivo para uma alimentação saudável e balanceada e a prática de atividades físicas é prioridade do Governo Federal. Uma Portaria publicada, recentemente, visa proibir a venda, promoção, publicidade ou propaganda de alimentos industrializados ultraprocessados com excesso de açúcar, gordura e sódio e prontos para o consumo.

O Ministério da Saúde também adotou internacionalmente metas para frear o crescimento do excesso de peso e obesidade no Brasil. O País ainda assumiu como compromisso deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, por meio de políticas intersetoriais de saúde e segurança alimentar e nutricional a partir da redução do consumo regular de refrigerante e suco artificial em pelo menos 30% na população adulta; ampliar em, no mínimo, de 17,8% o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente.

Outra ação para a promoção da alimentação saudável foi a publicação do Guia Alimentar para a População Brasileira. Reconhecida mundialmente pela abordagem integral da promoção à nutrição adequada, a publicação orienta a população com recomendações sobre alimentação saudável e dicas de consumo de alimentos in natura ou minimamente processados.

Sintomas iniciais do diabetes

• Urinar toda hora

• Sede excessiva

• Cansaço

• Perda de peso

• Fome frequente

• Visão embaçada

• Cicatrização lenta

• Infecções

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!