• (51) 3041.2333 - (whats) 51 9205-3480

Procurar
#elas são 10
0

Daniela Cecconello Lull: dos holofotes para o papel de mãe

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação Aos 40 anos, a ex-modelo cachoeirinhense Daniela Cecconello Lull saiu dos holofotes, mas não menos glamourosa, para exercer sua maior missão: ser mãe. A carreira de modelo começou aos 13 anos, o que lhe possibilitou a participação em concursos de beleza importantes, como o Miss […]

Daniela Cecconello Lull: dos holofotes para o papel de mãe

Texto | Denise de Oliveira Milbradt | Foto | Divulgação

Aos 40 anos, a ex-modelo cachoeirinhense Daniela Cecconello Lull saiu dos holofotes, mas não menos glamourosa, para exercer sua maior missão: ser mãe. A carreira de modelo começou aos 13 anos, o que lhe possibilitou a participação em concursos de beleza importantes, como o Miss Rio Grande do Sul, Miss Atlântico Internacional (no Uruguai) e até no Miss Brasil, quando ocupou a quinta colocação, título inédito para Cachoeirinha. Ela ainda representou muitas marcas importantes, incluindo o de garota propaganda de uma marca de cerveja, que lhe rendeu a capa da revista Playboy, em outubro 2004. A sua beleza ainda impulsionou a sua participação em programas de televisão importantes na época, incluindo do Jô Soares.

Mas 12 anos atrás ficou grávida da primeira filha, Eduarda. Foi quando decidiu dar uma pausa na carreira e viver intensamente a maternidade e todas as possibilidades de amor que a nova realidade a estava proporcionando. A retomada da carreira de modelo aconteceu anos depois, mas a parada em definitivo ocorreu após o nascimento da segunda filha, Helena, que nasceu há 9 anos. “No início, depois da maternidade, quando ainda trabalhava como modelo, ficar distante da família era um dos maiores problemas. Assim como manter a disciplina de alimentação e manter-se sempre com baixo peso”, conta ao relembrar algumas das suas principais dificuldades da época.

Ela, no entanto, reinventou-se como mulher, mãe e profissional ao assumir ao lado do marido Márcio Bitencourt a Ritter Veículos, revenda de automóveis com sede em Cachoeirinha. Agora empresária de sucesso, ela acredita que não há limites de superação para uma mulher quando ela deseja e corre atrás dos seus objetivos. “Infelizmente vivemos em um mundo um tanto machista, mas que não deve ser obstáculo para a garra e determinação da mulher que deseja crescer e evoluir tanto social, como emocionalmente”, sugere.

Para Daniela as comemorações do Dia Internacional da Mulher, realizadas no mês de março, representam uma conquista feminina e que, apesar de tantas batalhas, todas desejam e merecem vencer. “Somos mulheres, somos diferentes dos homens sim, somos muito mais fortes. Das escolhas que fiz fui e sou muito realizada. Agradeço pelas minhas conquistas, pela nossa empresa e pela família linda que construí ao lado do meu companheiro de vida, o meu marido Márcio”, completa.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!