• (51) 3041.2333

Procurar
Comportamento
0

Curiosidade

| Saul M. Sastre Professor, escritor e palestrante Cur-iosi-dade, é uma palavra latina iniciada por “CUR” que significa “PORQUE” e termina por “DADE” que serve para formar substantivos que expressam ideia ou estado, logo, curiosidade é uma motivação na busca por algo. A curiosidade é positiva. Grandes personalidades que fizeram diferença no mundo, foram de […]

Curiosidade

| Saul M. Sastre
Professor, escritor e palestrante

Cur-iosi-dade, é uma palavra latina iniciada por “CUR” que significa “PORQUE” e termina por “DADE” que serve para formar substantivos que expressam ideia ou estado, logo, curiosidade é uma motivação na busca por algo.

A curiosidade é positiva. Grandes personalidades que fizeram diferença no mundo, foram de sobremaneira curiosas. Mantinham a mente estimulada querendo saber questões e situações que lhe interessavam e com isso conseguiam captar novas ideias, identificar oportunidades e diversas possibilidades. Além disso, ser curioso, deixa a vida mais emocionante, oriunda das novas visões que proporciona.

Me esforço para deixar meus alunos curiosos. O papel do professor é despertar interesses sobre os temas que leciona. Eu sei que minha aula foi ruim quando ninguém fica curioso com nada. Da curiosidade nascem os insights, que são mensagens divinas, vindas direto de nossos anjos da guarda por meio dos pensamentos e ouvidos. Servem para mudar uma maneira de pensar, perseguir uma nova possibilidade e até mesmo mudar de vida.

Mas a mesma curiosidade que é uma virtude, pode se tornar em algo negativo se mal-empregada. Bisbilhotar a vida dos outros, o que estão sentindo e fazendo, são curiosidades que não acrescentam em nada. Procurar saber de coisas que não tem o poder de engrandecer ou nos fazer melhor, transmuta do bom para o ruim e migra para indiscrição.

Da mesma forma, o excesso da tentativa de adivinhar o futuro, sobre probabilidades, só cria realidades paralelas do que pode acontecer. Isso transforma-se em uma usina de preocupações, angústias e ansiedade. Nestes casos, para viver bem, aproveitando a cada momento, o bom é não ser curioso. Fazer a sua parte e ter a confiança de que as coisas vão acontecer da melhor forma para nós, para todos e no seu devido tempo.

A motivação na busca por algo positivo, para fazer o bem, é uma virtude admirável. Todavia, usar da curiosidade para antever um futuro que possivelmente não acontecerá ou quando utilizada a serviço da bisbilhotagem para posteriores comentários mórbidos, torna-se negativa, catalizadora de sofrimentos e sem utilidade alguma.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!