Saúde
0

Como lidar com as aftas

Pequenas feridas que incomodam bastante! Assim são as aftas. Bem dolorosas, elas aparecem na boca, principalmente nas mucosas dos lábios, língua e bochechas. Entenda um pouco mais sobre os impactos delas no organismo, suas causas e o melhor tratamento. As aftas são pequenas feridas que aparecem na mucosa bucal (nas gengivas e embaixo da língua, […]

Como lidar com as aftas

Pequenas feridas que incomodam bastante! Assim são as aftas. Bem dolorosas, elas aparecem na boca, principalmente nas mucosas dos lábios, língua e bochechas. Entenda um pouco mais sobre os impactos delas no organismo, suas causas e o melhor tratamento.

As aftas são pequenas feridas que aparecem na mucosa bucal (nas gengivas e embaixo da língua, por exemplo) e podem estar associadas a uma alteração nos hábitos nutricionais. Elas, normalmente, são ovais, recobertas por uma membrana amarelo-acinzentadas e bem delimitadas por um halo avermelhado.

Não tem uma causa definida, mas tem causas multifatoriais relacionadas. Podem aparecer como pequenos machucados, com histórico de episódios recorrentes em um mesmo mês ou no ano. Assim, o surgimento da afta está relacionado a muitos fatores, como disfunção imunológica, ansiedade, alterações nutricionais e hereditariedade, sendo mais comum em adolescentes e adultos jovens. (Fonte – Blog da Saúde)

Sintomas – É comum arder e doer a parte afetada, aparecendo com frequência abaixo da língua, nas bochechas, na parte interna dos lábios, podendo ser difícil engolir alimentos condimentados, ácidos e líquidos mais cítricos quando as aftas aparecem em grande número. Normalmente elas cicatrizam em até 14 dias e reaparecem. O que pode causar algum problema nutricional por falta de alimentação adequada.

Diagnóstico e tratamento – A afta é tratada como uma doença multifatorial (com várias causas associadas). Existem alguns tratamentos que podem ser locais (aqueles que aplicamos diretamente na afta) ou sistêmicos (que são aqueles remédios que ingerimos). Os tratamentos locais são mais seguros para o paciente e têm um efeito maior. Atualmente, o tratamento se dá por meio do uso de pomadas e/ou soluções contendo substâncias anestésicas, analgésicas e anti-inflamatórias.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

Escrito por trcom

There are 0 comments

Leave a comment

Want to express your opinion?
Leave a reply!